Saúde do idoso

Atividade Física na Terceira Idade

16 de junho de 2012

Primeiro documento científico/educacional encaminhado pela SBC/DERC ao Ministério do Esporte, em convênio a ser estabelecido entre as duas instituições, destinado à divulgação e estímulo à prática regular da atividade física, exercício físico e esporte pela população brasileira, no intuito da prevenção e tratamento de doenças crônicas, em particular, as de origem cardiovascular.

 

Leia texto completo, clicando aqui.

Envelhecer com saúde Por Thales Weber Garcia

10 de outubro de 2012

Envelhecer com saúde

 

O que é envelhecer? É um processo natural que se inicia quando nascemos e que na atualidade vai se estendendo em número de anos vividos em decorrência de melhores condições de higiene, alimentação de boa qualidade, avanços da medicina com procedimentos preventivos que temos tido desde os primeiros anos da nossa existência (vacinas).

 

O que é saúde? Pela OMS (Organização Mundial de Saúde) “ um estado completo de bem estar físico, mental, social  e não somente ausência de afecções e enfermidades”.  Apesar de utópica esta definição nos dá a dimensão do que almejamos alcançar. Infelizmente ainda estamos longe de alcançarmos essa meta, isto por vários fatores que vão desde doenças orgânicas, estilo de vida, alimentação inadequada, estresse, transtornos mentais e patologias sociais.

 

Nessa etapa da vida, que no Brasil começa aos 60 anos, nós seres humanos,  vamos nos deparar com o surgimento e, ou o agravamento de doenças que vão do aparelho cardiovascular como hipertensão, arritmias, coronariopatias, ateromatoses, passando pelo aparelho neurológico, auditivo, osteo-articular, digestivo, oftalmológico, reprodutor com diminuição do funcionamento para níveis que necessitam de abordagem médica com próteses e substancias para minorar os tremores na doença de Parkinson, anticolinesterásicos na doença de Alzheimer, analgésicos e anti-inflamatorios para o aparelho locomotor, substituição do cristalino na catarata , vaso-dilatadores para disfunção erétil dos homens, fisioterapia e novas substancias para a incontinência urinária. Isto tudo sem contar com as doenças neoplásicas (câncer) que tem uma incidência mairo nessa etapa da vida e que diagnosticados precocemente podem propiciar uma boa sobrevida.

Contudo, um sofrimento que realmente coloca em risco a qualidade de vida de um envelhescente é o sofrimento psíquico. Este sofrimento ocorre simultaneamente com os quadros orgânicos sendo decorrentes destes, ou vir primariamente transtornando a existência desta pessoa numa vivencia depressiva, mais comum; que pode variar da distmia (depressão leve de longa duração) até episódios depressivos graves com alteração do conteúdo do pensamento (delírios) geralmente auto-referenciais de culpa, negação e ruína. Podendo também eclodir delírios auto-referencias de perseguição e nos quadros de deterioração mental empobrecimento progressivo da capacidade cognitiva, dificuldade nos circuitos  da memória e alterações comportamentais. Medicações modernas com efeitos colaterais aceitáveis tem possibilitado uma melhoria surpreendente destas enfermidades, quando associadas com trabalho psico-social e educacional.

 

Estamos caminhando para a sexta maior população de idosos no mundo (2020).  Entendendo saúde como um bem coletivo e que envelhecer com saúde deve ser um direito do cidadão vamos trabalhar no sentido de que todos os brasileiros e brasileiras possam exercer plenamente seus direitos de cidadania, e com isto agregar vida de qualidade ao maior número de anos vividos, assim estaremos envelhecendo com saúde.

 

Thales Weber Garcia – CREMEB: 22.354 – Psiquiatria

Please reload

Outras dicas de saúde

Saúde da Mulher
Saúde da criança
Dicas gerais
Mostrar Mais